pt

Academia de Trabalho Digno decorreu pela primeira vez em Joanesburgo

Mais de 130 decisores políticos e representantes dos trabalhadores, empregadores e de organizações comunitárias provenientes de 16 países diferentes reuniram-se em Joanesburgo, de 2 a 6 de outubro, para debater o futuro do trabalho no continente africano.

A OIT e o Centro organizaram a primeira Academia de Trabalho Digno em colaboração com o Conselho Nacional para o Desenvolvimento Económico e o Trabalho (National Economic Development and Labour Council, NEDLAC) da África do Sul e com o apoio do Governo da Flandres. A sessão de abertura do evento foi conduzida por representantes de alto nível do governo, dos trabalhadores e dos empregadores, bem como por Cynthia Samuel-Olonjuwon, Diretora Regional Interina da OIT para África, e Joni Musabayana, Diretor do Escritório da OIT em Pretória.

A Academia de Trabalho Digno foi um fórum muito ativo onde os participantes tiveram a oportunidade de debater os desafios atuais e futuros que se colocam ao nível do trabalho no continente africano. O principal objetivo foi partilhar o pensamento global mais recente sobre um conjunto de temas, por forma a encontrar soluções para alguns dos desafios mais prementes do mercado de trabalho africano. Um desses desafios é a criação de empregos dignos para os milhões de jovens que todos os anos entram nos mercados de trabalho em África.

Entre alguns dos assuntos mais importantes previstos na agenda da Academia destacam-se a promoção do emprego, os direitos no trabalho, a igualdade de género, a migração laboral, a proteção social, o desenvolvimento de empresas e o diálogo social. Todos estes temas foram analisados tendo como pano de fundo as rápidas mudanças da realidade dos mercados de trabalho africanos, causadas pelo progresso tecnológico e pelas tendências sociais, económicas e/ou ambientais.

Os participantes da Academia ficaram a conhecer algumas histórias de sucesso de criação de empregos dignos na África no Sul. No quarto dia da Academia, alguns dos participantes reuniram-se nas instalações do NEDLAC para participar num debate tripartido, enquanto outros visitaram o Riversands Incubation Hub, estudaram a criação de empregos verdes no setor de resíduos da África do Sul ou analisaram a produtividade e as condições de trabalho na indústria automóvel.

International Training Centre of the ILO

Viale Maestri del Lavoro, 10
10127 Turin - Italy

Contate-nos