pt

Cidades e sociedades em transição – Rumo a um desenvolvimento inclusivo e de baixo impacto ambiental

No dia 5 de junho de 2017, o Festival CinemAmbiente – Festival de Cinema Ambiental de Turim – e o Centro comemoraram o Dia Mundial do Ambiente de 2017 com a realização”, no campus, da conferência “Cidades e sociedades em transição – Rumo a um desenvolvimento inclusivo e de baixo impacto ambiental, como parte das “Eco-Talks” previstas para a XXª edição do festival.

O evento assinalou o início de uma colaboração entre o Festival CinemAmbiente e o Centro para promover conjuntamente a sustentabilidade ambiental através da educação, da formação, da investigação e da inovação na aprendizagem. A conferência reuniu mais de 100 representantes de autoridades locais, organizações da sociedade civil, universidades, setor privado, parceiros de desenvolvimento, meios de comunicação social e público em geral, e foi seguida por uma comunidade online mais vasta através da transmissão em direto.

Foram debatidos percursos de desenvolvimento alternativos para seguir uma direção comum, rumo a economias e sociedades sustentáveis em termos ambientais, inclusivas ao nível social e resilientes às alterações climáticas.

Mais especificamente, a conferência sensibilizou para as questões seguintes:

  • A difusão do movimento ‘Cidades em Transição’, apresentado por Cristiano Bottone, cofundador da Transition Italia  http://transitionitalia.it/;
  • Um caso concreto de desenvolvimento de empresas ecológicas, eco-inovação e cogeração de energias renováveis, apresentado por Agostino Re Rebaudengo, presidente da Asja: http://www.asja.energy/en/;
  • O projeto Italiachecambia, criado por Daniel Tarozzi, http://www.italiachecambia.org/;  
  • Os princípios de filosofia em ação da Zero Emissions Research and Initiatives, apresentados por Gunter Pauli, autor e iniciador da Blue Economy http://www.theblueeconomy.org/ e http://www.zeri.org/;
  • O conceito de Transição Justa, promovido pela OIT e aprovado pelo Acordo de Paris sobre Alterações Climáticas e a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, por Kees van der Ree, Assessor no Programa de Empregos Verdes da OIT;
  • O exemplo de Espanha enquanto país que enfrenta desafios significativos relacionados com o emprego e o ambiente devido a um decréscimo dos investimentos no setor das energias renováveis e o encerramento da maioria das atividades de extração de carvão. Segundo Ana Belén Sanchez, Coordenadora do Departamento de Sustentabilidade da Fundación Alternativas, o diálogo e a participação na tomada de decisão, conjugados com a provisão de competências, investigação e desenvolvimento, bem como programas de desenvolvimento empresarial serão essenciais para assegurar uma transição justa para a mão de obra.

Nessa mesma manhã, Guy Ryder, Diretor-Geral da OIT, procedeu à abertura da 106ª Conferência Internacional do Trabalho em Genebra, apelando a uma muito necessária “ecologização” do mundo do trabalho, http://www.ilo.org/ilc/ILCSessions/106/media-centre/news/WCMS_556479/lang--en/index.htm.

 

Fotos

International Training Centre of the ILO

Viale Maestri del Lavoro, 10
10127 Turin - Italy

Contate-nos