pt

Rumo a uma Economia com Crescimento Verde no Peru

O Ministro do Ambiente do Peru, Manuel Gerardo Pedro Pulgar-Vidal Otálora, e a Ministra do Trabalho e da Promoção do Emprego, Ana Ethel del Rosario Jara Velásquez, assinaram a declaração oficial da "Parceria para a Ação rumo a uma Economia Verde " (Partnership for Action on Green Economy – PAGE, na sigla em inglês) durante a cerimónia oficial que encerrou o seminário "Rumo a uma economia com crescimento verde no Peru" (Lima, 28 e 29 de abril de 2014).

Os governantes destacaram a importância de promover uma economia com crescimento e empregos verdes como política pública que permita orientar o país em direção ao desenvolvimento sustentável e fomentar uma economia que melhore o bem-estar do ser humano, a inclusão social e a equidade social.

O evento contou com a presença de representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT), do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), da Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), do Instituto das Nações Unidas para a Formação Profissional e a Investigação (UNITAR), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e do Centro Internacional de Formação da OIT, e das autoridades ministeriais peruanas do Ambiente e do Trabalho.

No decorrer do evento, a Ministra do Trabalho destacou que durante o primeiro ano de funcionamento da PAGE Peru o objetivo será procurar identificar as lacunas e as oportunidades de aprendizagem, e estabelecer uma ligação entre os setores chave e os parceiros mais adequados para mostrar o valor da economia verde. “O Peru tem desfrutado de um crescimento económico elevado, mas ainda persistem ameaças ecológicas que podem inverter estes bons resultados. Uma forma de o evitar é usar energias limpas e fazer uma promoção adequada do emprego, permitindo articular a reconversão laboral com o aparelho produtivo”, explicou a Ministra.

Por seu lado, o Ministro do Ambiente afirmou que "Devemos reconhecer que o mundo, com iniciativas como a PAGE, começa a colher frutos e a consolidar um processo de mais de 40 anos, durante os quais têm sido geradas mudanças progressivas até conseguir convencer que o desenvolvimento é intrínseco à sustentabilidade dos recursos”​. Nesse sentido, o Ministro observou que há 25 anos o termo desenvolvimento sustentável foi cunhado e agora é um conceito cada vez mais enraizado tanto no setor público como privado.

Por último, ambos agradeceram o apoio das Agências do Sistema das Nações Unidas envolvidas e sublinharam que vão continuar a trabalhar juntos para promover os esforços de planeamento do desenvolvimento, incorporando o conceito de economia com crescimento verde nas políticas públicas do país.

Como país designado, o Peru receberá apoio através de quatro componentes: i) Investigação aplicada e criação de conhecimento; ii) Diálogo sobre políticas com funcionários governamentais de alto nível e outras partes interessadas; iii) Criação de competências, capacitação e formação; e iv) Serviços de consultoria para os países em questões de economia verde.

O Centro Internacional de Formação da OIT apoiará futuros eventos de formação no país e a participação de delegados peruanos em cursos inter-regionais organizados em Turim, nomeadamente no curso “Promoting green jobs policies: employment potential and skill needs in a greener economy”, que esta semana conta com a presença do Ministério do Trabalho e da Promoção do Emprego entre os seus participantes.

International Training Centre of the ILO

Viale Maestri del Lavoro, 10
10127 Turin - Italy

Contate-nos