pt

Vamos tornar mais justo o mercado de trabalho de amanhã!

Esta é uma das afirmações do discurso do Diretor-Geral da OIT, Guy Ryder, dirigido à Academia NIT de 2017

No seu discurso dirigido à nossa Academia sobre as Normas Internacionais do Trabalho, o Diretor-Geral da OIT debateu o futuro do trabalho, justiça social e trabalho digno. (vídeo)

Em 2019, a Organização Internacional do Trabalho – a mais antiga agência especializada das Nações Unidas – comemora o seu 100º aniversário. Durante o período que antecede o aniversário, estão a ser implementadas sete Iniciativas para o Centenário, enquanto parte de um pacote de atividades que visam dar à Organização a capacidade para fazer face aos desafios que o seu mandato de justiça social coloca no futuro. A iniciativa relativa às normas, uma das sete iniciativas para o Centenário da OIT, foi referida esta manhã.

A iniciativa relativa às normas visa consolidar o consenso tripartido em relação a um sistema de controlo eficaz e melhorar a relevância das normas internacionais do trabalho através de um mecanismo de revisão de normas.

O Sr. Ryder acrescentou ainda “(...) E isto leva-me à quarta e última conversa da nossa iniciativa do centenário, e que é o debate fundamental sobre a governança do trabalho. Quais são as regras, as práticas, as instituições e os atores de que precisamos para moldar o futuro do mundo do trabalho, para que este corresponda aos valores que a OIT defende: os valores da justiça social.

Isto é, obviamente – o tema da vossa Academia – muito importante para as normas internacionais do trabalho. A questão que se coloca é se a estrutura normativa que construímos ao longo de quase cem anos da nossa história se adequa ao propósito de tornar mais justos os mercados de trabalho de amanhã – de assegurar que o trabalho é, de facto, digno”.

International Training Centre of the ILO

Viale Maestri del Lavoro, 10
10127 Turin - Italy

Contate-nos