pt

Notícias

Novo programa de orientação e mentoria do CIF-OIT para migrantes de retorno na Etiópia

notícias - 24/09/2018
O programa, oferecido pelo Centro e pelo projeto da OIT “Apoiar a reintegração de migrantes de retorno na Etiópia” financiado pela UE, com o apoio financeiro da Agência Italiana de Cooperação para o Desenvolvimento, começou na terça-feira dia 18 de setembro e irá decorrer até 9 de novembro de 2018.

ação:

Desenhado para providenciar serviços de orientação e mentoria para migrantes de retorno com um enfoque nos jovens, este programa irá proporcionar acompanhamento e apoio para ajudar os seus beneficiários a melhorarem os seus negócios. O impacto psicológico causado pelo stresse e pela ansiedade sentidos pelos novos empreendedores que vivem e trabalham em situações de elevado grau de risco e incerteza está no cerne do programa.

 

De acordo com as projeções demográficas, mais de dois milhões de jovens etíopes entram no mercado de trabalho todos os anos. O desafio que se coloca à sua integração socioeconómica é imenso. Além disso, a Etiópia é assolada regularmente por crises humanitárias causadas pela seca severa que resulta de estações de chuva insuficientes, por inundações sazonais e por deslocações intercomunais provocadas por conflitos. Em 2013 e 2014, a repatriação forçada de 163 018 migrantes etíopes que se encontravam no Reino da Arábia Saudita, em conjunto com um número significativo de casos registados de abuso e maus tratos a migrantes, deram uma grande projeção à situação difícil dos trabalhadores migrantes etíopes. Os migrantes de retorno enfrentam grandes dificuldades, especialmente em termos de oportunidades de criação de meios de subsistência dignos e de reintegração no mercado de trabalho etíope.

 

O projeto de cooperação para o desenvolvimento da OIT intitulado “Apoiar a reintegração de migrantes de retorno na Etiópia” faz parte de um programa mais abrangente, financiado pela UE, que visa melhorar a gestão da migração laboral na Etiópia. Este programa tem o objetivo específico de prestar um apoio individualizado e assente nos direitos aos migrantes de retorno e aos membros das comunidades locais vulneráveis, particularmente às mulheres e raparigas em situação de vulnerabilidade, com vista à sua reintegração. O projeto prevê a prestação de apoio social apropriado aos migrantes de retorno com base nas suas necessidades, a implementação de programas de formação adequados às oportunidades económicas locais e a provisão de apoio a longo prazo para a reintegração socioeconómica destas pessoas.

 

As componentes presenciais do novo programa de orientação e mentoria para migrantes de retorno na Etiópia serão implementadas em Adis Abeba e serão articuladas com uma componente de aprendizagem intensiva em linha, permitindo aos orientadores dos formandos testar as suas competências de orientação e dar início ao desenvolvimento de um programa de mentoria. O início do programa foi assinalado com uma cerimónia oficial onde estiveram presentes o Sr. Embaixador Misganu Arga, Ministro de Estado do Trabalho e Assuntos Sociais da Etiópia, a Sra. Elena Ruiz Roman, Gestora de Programas, Migração e Emprego, da Delegação da UE para a Etiópia, e o Sr. George Okutho, Diretor do Escritório da OIT para a Etiópia, Djibuti, Somália, Sudão e Sudão do Sul e Representante Especial da União Africana (UA) e da Comissão Económica das Nações Unidas para África (CEA).

 

Para mais informações, por favor contacte-nos através do email fragilestates@itcilo.org ou visite a página https://fragilestates.itcilo.org .

International Training Centre of the ILO

Viale Maestri del Lavoro, 10
10127 Turin - Italy

Contate-nos